Morre sul-africano que jogou dois Mundiais de Clube

Atacante do Auckland City em dois Mundiais de Clubes da Fifa, o sul-africano Keryn Jordan morreu nesta segunda-feira, aos 37 anos, informou a Associação de Futebol da África do Sul. O atleta, aposentado desde 2010, faleceu após uma longa batalha contra um câncer não especificado pela Associação.

AE-AP, Agência Estado

21 de outubro de 2013 | 11h53

Jordan nasceu em Pretória e chegou a disputar duas partidas pela seleção africana. Mas teve maior destaque quando passou a jogar na Nova Zelândia. Lá defendeu as cores do Auckland City nos Mundiais de 2006 (vencido pelo Internacional) e 2009 (conquistado pelo Barcelona).

O atacante também jogou pelo Waitakere United, totalizando 61 gols em 79 partidas no campeonato nacional - incluindo as partidas pelo Auckland. "Futebol é geralmente descrito como o jogo da beleza e, durante sua carreira, Keryn deu sua contribuição a esta beleza", afirmou Gordon Igesun, atual técnico da África do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolKeryn Jordanmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.