Morre vascaíno envolvido em briga no jogo com Fluminense

Policia não tem suspeitos: torcedores hospitalizados serão ouvidos

FÁBIO GRELLET, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2015 | 08h29

O vascaíno Felipe Souza Moreira, de 24 anos, morreu após ter sido espancado durante uma briga entre torcedores do Vasco e do Fluminense, ocorrida nas imediações da estação de trem de Mesquita, na Região Metropolitana do Rio, no último domingo. Moreira estava internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, bairro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Outros três torcedores se feriram nessa briga, que ocorreu por volta das 14 horas - três horas antes do início da partida entre Vasco e Fluminense, válida pelo Campeonato Brasileiro - e só foi interrompida com a chegada de policiais militares. Esses três feridos chegaram a ser internados no Hospital Geral de Nova Iguaçu (Baixada Fluminense), mas já receberam alta e passam bem. Rogério da Silva Filho, 36 anos, e Leandro Huguenin Vieira, de 30, sofreram apenas escoriações pelo corpo. Michael Lima, de 26 anos, teve escoriações pelo corpo e fratura no rosto.

A Polícia Civil investiga o caso, mas por enquanto nenhum agressor foi identificado. Os feridos serão convocados para depor na 53ª Delegacia de Polícia (Mesquita).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.