Attila Kisbenedek/AFP - 24/11/2003
Attila Kisbenedek/AFP - 24/11/2003

Morre último integrante da seleção da Hungria da Copa de 1954

Jenö Buzánsky tinha 89 anos e era defensor da equipe liderada por Ferenc Puskas que foi vice-campeã mundial e campeã olímpica

EFE

12 de janeiro de 2015 | 10h53

Jenö Buzánszky, último integrante da mítica seleção de futebol húngara da década de 1950, morreu na noite de domingo, aos 89 anos de idade, ao norte de Budapeste, informou a família à imprensa. O ex-defensor foi integrante da seleção húngara que, liderada por Ferenc Puskas, chegou em 1954 até as da Copa do Mundo da Suíça, quando a Alemanha ganhou por 3 a 2.

Buzánszky nasceu em Újdombóvár em 3 de maio de 1925 e começou sua carreira aos 13 anos de idade em uma equipe de sua cidade natal e depois jogou nas equipes húngaras Pécsi VSK e Dorogi Bányász. O último integrante da chamada "Equipe de Ouro", jogou com este último clube 274 partidas na primeira liga húngara.

Entre 1950 e 1956, vestiu a camisa da seleção húngara em 49 ocasiões e em 1952 ganhou medalha de ouro nos Jogos Olímpicos em Helsinque. Buzánszky encerrou sua carreira ativa em 1960, quando começou a trabalhar como treinador de vários equipes em Dorog e Esztergom, e desde 1993 foi eleito membro da direção da Federação Húngara de Futebol.


O ex-jogador foi internado no hospital de Esztergom em 12 de dezembro, onde foi operado. O estádio de Dorog, cidade onde jogou entre 1947 e 1960, tem o nome de Buzánszky desde 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.