Morte de volante escocês foi provocada por falha no coração

Problema não explicado no ventrículo esquerdo de Phil O'Donnel teria sido a causa de sua morte

01 de janeiro de 2008 | 16h20

Em anúncio oficial em see website, o Motherwell confirmou, nesta terça-feira, que a morte do volante Phil O'Donnel, de 35 anos, ocorreu devido a uma falha no ventrículo esquerdo de seu coração, durante a partida diante do Dundee United, no último sábado, pelo Campeonato Escocês. "A autópsia revelou que o Phil sofreu de uma falha no ventrículo esquerdo do coração", afirmou o doutor do clube escocês, Robert Liddle, sem dar maiores explicações para o porquê do ventrículo esquerdo ter falhado. Estudos recentes indicam que tal falha acontece devido a problemas virais, assim como o uso abusivo do álcool. Casos congênitos não apresentam um risco eminente na maioria dos casos. Por causa da morte trágica do jogador, vários jogos do Campeonato Escocês foram remarcados. Já os jogos do Campeonato Inglês, realizados nesta terça-feira, realizaram homenagens ao jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.