Morumbi deve lotar na quarta-feira

Até a tarde desta segunda-feira, já haviam sido vendidos 22.905 ingressos para o jogo do São Paulo contra a Universidad do Chile, quarta-feira no Morumbi. Desse total, 9971 são carnês no valor de R$ 50, que dão direito a assistir aos três jogos do São Paulo, pela Copa Libertadores, no Morumbi. Esses carnês podem ser adquiridos até esta terça.A possibilidade de casa cheia agrada aos jogadores. "Eu adoro jogar a Libertadores", diz Luizão. O campo sempre está cheio e o grande jogador aparece. O meu currículo mostra que sempre cresci em jogos decisivos, em grandes competições. Por isso, é que espero o apoio da torcida para render ainda mais."Cicinho mostra a mesma disposição. "Estava suspenso e não participei do jogo em Jundiaí. Agora, que vou voltar, tenho de correr o dobro do que os companheiros", diz. Ele considera a vitória uma obrigação. "Na Libertadores, é assim. Temos de ganhar todas em casa para não depender de vitórias fora de casa. Temos certeza que vamos conseguir."Fabão também tem chances de voltar ao time. Ele se recuperou da distensão muscular e foi liberado pelos médicos para treinar. Nesta terça, Leão deve decidir se o escala. Na semana passada, chegou a dizer que seria difícil escalar Fabão sem que ele participasse de alguns treinos, mas como substituiu Alex nas duas últimas partidas, é bem provável que Fabão seja escalado.Mineiro retorna, com certeza. Ele cumpriu suspensão automática contra o Paulista, em Jundiaí, quando foi substituído por Renan e na quarta estará em campo, formando a dupla de volantes com Josué.Diego Tardelli ainda se ressente de uma contratura muscular e continua fora. Luizão joga e Jean é a opção para ataque. Deve ficar no banco de reservas.E, fora dele, com certeza, estará Falcão, cada vez mais em baixa. Mas, na quinta-feira, ele dá entrevista coletiva em que anuncia um novo patrocinador pessoal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.