Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters

Morumbi tem de voltar a ser temido pelos rivais, diz Petros

Após empate por 0 a 0, São Paulo tem de vencer em casa para avançar na Copa Sul-Americana

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2018 | 07h00

O volante Petros afirma que o Morumbi tem de voltar a ser temido pelos rivais. Essa é a receita para o time do São Paulo conseguir a vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana após o empate por 0 a 0 diante do Rosario Central, na Argentina, por 0 a 0. A partida de volta será no dia 9 de maio. 

+ São Paulo segura pressão e traz empate da Argentina

+ City deve oferecer R$ 100 milhões por Militão

"O Morumbi tem de voltar a ser temido pelos rivais. É a tradição do São Paulo. Vamos mostrar a força da nossa torcida. Os adversários vão perceber como é difícil jogar diante de 60 mil pessoas", afirmou o volante. 

O São Paulo se classifica com uma vitória simples; empate com gols dá a vaga ao time argentino e outra igualdade sem gols leva a decisão para os pênaltis.

Embora o panorama pareça favorável ao time do Morumbi, o retrospecto recente na competição coloca uma pulga atrás da orelha. No ano passado, o time empatou com o modesto Defensa y Justicia por 0 a 0 fora de casa, mas acabou eliminado em casa após o 1 a 1. Foi um vexame. "Temos duas semanas importantes e vamos mostrar a força para conquistar a vaga", diz Petros. 

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.