Moscou animada para sediar inédita final da Liga dos Campeões

Presidente da Federação Russa de futebol diz que é uma grande honra receber a final da competição

Efe

19 de fevereiro de 2008 | 17h19

O presidente da Federação Russa de Futebol, Vitali Mutko, disse nesta terça-feira que todos os preparativos relativos à final da Liga dos Campeões, que terá Moscou como palco pela primeira vez em 21 de maio, seguem normalmente."Para nós é uma grande honra receber a final da Liga dos Campeões em Moscou", disse Mutko em reunião realizada na Prefeitura da capital russa.Os ingressos para o jogo, no Estádio Olímpico de Moscou, estarão disponíveis a partir da próxima quinta-feira. A organização espera receber até 40 mil torcedores de cada equipe. Além disso, foram anunciadas facilidades para a obtenção de vistos, incluindo postos de atendimento nos aeroportos de Moscou aos torcedores dos finalistas.O diretor do estádio, Vladimir Alioshin, garantiu que tudo segue bem: "Já modernizamos o camarote VIP das arquibancadas, reformamos o centro de imprensa do estádio e instalamos novos sistemas de controle de espectadores nas entradas às arquibancadas", apontou.O gramado natural a ser usado especialmente na final já está no estádio - palco da decisão da Copa da Uefa de 1998. O local, que vinha usando superfície artificial há algum tempo foi alvo de críticas.Segundo Alioshin, a grama será instalada no início de maio e testada durante a final da Supercopa da Rússia, entre Zenit São Petersburgo (campeão da temporada 2007) e Lokomotiv Moscou (que venceu a Copa da Rússia).A Federação e outros organismos responsáveis pela organização da final da Liga dos Campeões em Moscou acreditam que o Parlamento russo suspenderá a polêmica lei que proibiu a publicidade de cerveja durante a transmissão de jogos de futebol na Rússia. Muitos acham que, se isso não acontecer, a capital russa poderá até perder o direito de sediar a final.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões da Uefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.