Moscou pode perder final da Liga por vetar anúncio de cerveja

Dirigentes tentam liberar a veiculação de propaganda para a partida que será disputada no dia 21 de maio

Efe,

23 de outubro de 2007 | 19h15

Moscou pode perder o direito de sediar a final da Liga dos Campeões, prevista para o dia 21 de maio de 2008, no Estádio Olímpico Luzhniki, devido à proibição aos anúncios de cerveja em campos de futebol do país. Veja também: Barcelona fica no zero, enquanto Arsenal faz sete "O principal problema é esse da proibição de anúncios de cerveja", assegurou nesta terça-feira Piotr Makarenko, diretor comercial da União de Futebol da Rússia (UFR). O presidente da UFR, Vitali Mutko, apresentou na segunda-feira perante o Senado uma emenda à atual legislação sobre publicidade, que também proíbe os anúncios de cerveja na televisão entre as sete da manhã e as dez da noite. "No que se refere à transmissão televisiva, o problema é menor, já que cada país veicula os anúncios que considerar oportunos durante a final", disse Makarenko. "Caso a Uefa tire da capital russa o direito de receber a final, as perdas econômicas seriam incalculáveis", afirmou. A fabricante de bebidas holandesa Heineken é uma das patrocinadoras da Liga dos Campeões.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.