Twitter Oficial / Botafogo
Twitter Oficial / Botafogo

Motivado pela recuperação de Roger, Botafogo desafia o Sport na Ilha do Retiro

Equipe terá retorno do meia João Paulo, que estava suspenso

Estadão Conteúdo

08 Novembro 2017 | 08h26

O Botafogo tem um importante confronto nesta quarta-feira contra o Sport, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, às 21 horas (de Brasília), pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E promete vir embalado por uma grande notícia: a recuperação do atacante Roger, que voltou a treinar depois de passar por cirurgia para a retirada de um tumor nos rins.

+ Sport convoca torcida contra o Botafogo para reagir no Campeonato Brasileiro

+ Roger diz que fez proposta para renovar com Botafogo e vê permanência encaminhada

Um dos principais jogadores do Botafogo na temporada, Roger já marcou 17 gols no ano e 10 pelo Brasileirão. Mas viu a sua boa fase ser estancada pela notícia de um câncer renal. O tumor, contudo, era benigno, a cirurgia foi bem-sucedida e o atacante voltou a treinar nesta terça-feira, embora ainda precise de tempo até ser relacionado.

"Não estou projetando nada para agora. Quero fazer o máximo de treinos possíveis até a próxima semana, para que eu me sinta melhor. A partir da próxima semana a gente projeta o retorno. A minha maior alegria é saber que estou curado e recuperado", celebrou. "Estou livre e tranquilo. Preciso de 15 dias. É o mínimo que preciso para treinar".

Se Roger ainda não pode ser reforço, o Botafogo terá a volta do meia João Paulo, que estava suspenso na derrota para o Fluminense, no último sábado. Marcos Vinícius e Matheus Fernandes são os candidatos a perder uma vaga no time.

Na sexta colocação com 48 pontos e hoje na zona de classificação à Copa Libertadores, o Botafogo vai em busca do triunfo mesmo jogando no Recife. "Será mais um jogo difícil. No Brasileirão é assim. O Sport vai jogar em casa, brigando contra a zona de rebaixamento. Sei muito bem como é jogar na Ilha do Retiro. Mas vamos atrás dos três pontos", atestou João Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.