Fernando Bizerra Jr./EFE
Fernando Bizerra Jr./EFE

Motivado, Ronaldinho Gaúcho mira Olimpíada e sonha com Copa

'É maravilhoso jogar ao lado dos jovens talentos, o futuro do futebol brasileiro', disse o craque

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 00h22

BELÉM - Apesar da atuação discreta nesta quarta-feira, Ronaldinho saiu de campo empolgado por jogar ao lado de Neymar e Lucas, destaques da seleção brasileira na vitória por 2 a 0 sobre a Argentina, no Superclássico das Américas.

"Está sendo muito legal participar de tudo isso. É maravilhoso jogar ao lado dos jovens talentos, o futuro do futebol brasileiro. Me chamaram para dar esse suporte a eles e estou feliz por poder dar minha contribuição", comentou o jogador do Flamengo.

O veterano disse estar motivado para jogar a Olimpíada de Londres, passo fundamental para realizar o sonho de disputar a Copa do Mundo de 2014. "Vou por etapa. Meu sonho é conquistar o ouro olímpico, título que ainda falta na minha carreira, e chegar com tudo para a Copa do Mundo", projetou o campeão mundial em 2002.

Autor do segundo gol brasileiro, Neymar comemorou o fim do jejum de gols. O atacante não balançava as redes, pela seleção e pelo Santos, desde o fim de agosto. "Estava há um mês sem marcar. Vou dar esse gol de presente para o meu filho", festejou o atacante, que agradeceu o apoio dos torcedores paraenses. "A torcida foi maravilhosa. Foi de arrepiar quando eles cantaram o Hino Nacional. Fiquei emocionado".

Estreante na seleção, o lateral-esquerdo Cortês saiu de campo satisfeito com sua primeira atuação pela equipe de Mano Menezes. "É uma felicidade imensa para mim poder defender a seleção brasileira. Me senti à vontade porque todo mundo me deu apoio, inclusive o Kleber", disse, se referindo ao titular de sua posição no jogo de ida contra a Argentina, em Córdoba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.