Motorista que atropelou 3 pessoas após apresentação de Massa havia bebido

Adolfo Cardoso de Araújo admitiu que consumiu cerveja durante apresentação do piloto de F-1

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

13 de março de 2013 | 11h35

RIO - O motorista Adolfo Cardoso de Araújo, que atropelou três pessoas após uma exibição do piloto de Fórmula 1 Felipe Massa pelo Aterro do Flamengo, no Rio, no último domingo, admitiu ter bebido cinco latas de cerveja antes do evento.

Adolfo dirigia uma Ferrari amarela, com a qual foi autorizado a circular pelo Aterro após a exibição de Massa, que era um evento promocional. Logo depois do acidente Adolfo prestou depoimento na 13ª DP (Ipanema) e contou que, após fazer uma curva, deparou-se com as grades de proteção da pista montada no Aterro e não conseguiu frear.

O carro derrubou as grades e atingiu as três pessoas. O motorista foi autuado por lesão corporal de trânsito e liberado. Um dos feridos foi atendido no local do acidente e liberado. Outros dois (uma mulher que fraturou a perna e um homem com ferimentos leves) precisaram seguir para o hospital municipal Souza Aguiar.

A informação sobre o consumo de bebida alcoólica foi divulgada ontem pela Polícia Civil. A delegada Monique Vidal, da 9ª DP (Catete), que investiga o caso, intimou os quatro organizadores do evento para prestar depoimento e encaminhou um vídeo à perícia para saber se os equipamentos e as grades de proteção garantiam a segurança do público. As investigações estão em andamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.