Dave Thompson / AP Photo
Dave Thompson / AP Photo

Mourinho admite que Ibra deve deixar o Manchester United no fim da temporada

Atacante deve ir jogar nos Estados Unidos para encerrar a carreira

Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 12h22

O futuro de Ibrahimovic deverá mesmo ser longe do Manchester United. Nesta sexta-feira, o técnico José Mourinho afirmou que o centroavante sueco deve deixar o clube inglês ao final da temporada, em junho, quando termina o contrato do jogador.

+ Maior artilheiro da Suécia, Ibra diz que pode jogar a Copa: 'Se eu quiser, estou lá'

+ Willian marca, mas Lukaku brilha e Manchester United bate o Chelsea de virada

"Para Zlatan, todos pensamos que é a sua última temporada no Manchester United e será uma decisão muito pessoal para ele jogar ou parar", disse Mourinho. "Eu acho que ele ganhou o direito de escolher sua vida e seu futuro - ele é um jogador tão incrível, com uma carreira tão incrível que apenas essa terrível lesão no momento equivocado quebrou um fantástico período de temporadas que ele poderia, e deveria, ter conosco", acrescentou, lamentando a lesão do centroavante.

Ibrahimovic teve uma grave lesão nos ligamentos do joelho em abril do ano passado, em uma partida contra o Anderlecht, pela Liga Europa. À época, a imprensa europeia cogitou até mesmo a aposentadoria do sueco. No entanto, o atacante renovou contrato por um ano com o United e voltou a jogar em novembro.

As dores no joelho, porém, incomodam muito o jogador, que só atuou em sete jogos depois da lesão e voltou a ficar longe dos gramados. Com as novas dores no joelho, Ibrahimovic não atua desde a última partida do ano, contra o Burnley, no Old Trafford. Mourinho lamentou as lesões e reconheceu que o atacante não pode ajudar o time no momento.

"Esta temporada foi realmente difícil para ele. Ele está ferido? Não, ele não está ferido. Ele se sente totalmente feliz, totalmente pronto e totalmente convencido de que ele está nas condições para ajudar a equipe nesse momento? Não", afirmou o técnico português, que elogiou o astro sueco, com quem também trabalhou na Inter de Milão. "Mas ele é um homem tão honesto e um tal campeão que só quer voltar com esse sentimento de 'estou totalmente pronto para isso'. Ele está trabalhando duro e espero que sua evolução o leve a esse nível que ele quer para ter uma resposta positiva", completou.

Segundo a imprensa inglesa, o destino mais provável de Ibrahimovic, que também perdeu espaço no United após a contratação do chileno Alexis Sánchez, deve ser o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos. A janela de transferências do futebol inglês foi encerrada no último dia de janeiro, mas, por se tratar de uma mudança para os Estados Unidos, o jogador poderia assinar por um clube da Major League Soccer (MLS) entre os meses de fevereiro e maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.