Alastair Grant/AP
Alastair Grant/AP

Mourinho admite que PSG mereceu a classificação

Técnico do Chelsea diz que seu time foi muito mal

O Estado de S. Paulo

11 Março 2015 | 20h17

Quem esperava ouvir a tradicional choradeira do técnico José Mourinho depois de o Chelsea ter sido eliminado em casa pelo PSG mesmo tendo jogado 90 minutos com um homem a mais (60 no tempo normal e 30 na prorrogação) deve ter se surpreendido com as declarações do português. Com serenidade - e sinceridade -, ele admitiu que a equipe francesa mereceu a classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões.

"O PSG foi superior a nós no aspecto coletivo, mesmo tendo jogado com dez", afirmou, antes de deixar claro que ficou muito decepcionado com o comportamento de seus jogadores. "Não se pode sofrer dois gols de cabeça em bolas paradas numa partida tão importante quanto esta. Fomos muito mal nos dois lances. E também é preciso admitir que mentalmente o PSG foi mais forte. Nosso time ficou nervoso com a obrigação de conseguir a classificação em casa depois que ficou em superioridade numérica, e isso não poderia ter acontecido."

José Mourinho terá de esperar pelo menos até a próxima temporada para realizar o sonho de se tornar o primeiro treinador a vencer a competição por três times. Ele tem um título com o Porto (2004) e um com a Inter (2010).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.