EFE
EFE

Mourinho chega a Roma com recepção festiva dos torcedores no aeroporto

Treinador, que assinou por três temporadas, foi recebido por uma legião de torcedores e ganhou um cachecol com as cores do clube de presente

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de julho de 2021 | 12h13

Nem mesmo o forte calor de 40 graus foi suficiente para conter os cerca de 300 torcedores romanistas que foram até o aeroporto de Ciampino nesta sexta-feira para dar as boas vindas a Jose Mourinho, que está de volta ao futebol italiano. O treinador português também foi recepcionado pela cúpula diretiva da Roma. Ele ganhou um cachecol vermelho e amarelo e, logo depois, seguiu para o Centro de Treinamento de Trigoria.  

Nos próximos cinco dias a rotina do treinador não vai estar ligada a campos nem treinamentos. É que ele passará pelos cinco dias de isolamento previsto pelo regulamento anti-covid para, então, iniciar os trabalhos. Aos 58 anos, Mourinho chega para substituir o compatriota Paulo Fonseca no comando técnico da equipe. O português assinou um contrato por três temporadas e espera repetir o mesmo sucesso obtido em sua passagem pela Inter.

Com a equipe de Milão, o badalado treinador conquistou a Liga dos Campeões na temporada 2009/2010 além de dois escudetos, uma Copa da Itália, uma Supercopa da Itália.

A expectativa em torno da sua chegada era tão grande que o clube compartilhou um vídeo de Mourinho mandando um recado aos torcedores da Roma. Na mensagem, ele dizia que estava de malas prontas para defender a sua nova equipe.

Antes de acertar com o clube italiano, Mourinho estava à frente do Tottenham mas seus últimos dias foram tensos no clube inglês. Ele acabou demitido em abril por conta dos maus resultados e também do  relacionamento desgastado com boa parte do elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.