J J Guillen/EFE
J J Guillen/EFE

Mourinho defende 'egoísmo positivo' no Real Madrid

Para técnico, individualismo das estrelas da equipe pode pode ser usado em benefício do grupo

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2010 | 11h23

O técnico português José Mourinho negou nesta sexta-feira que seja difícil lidar com tantas estrelas no Real Madrid. Questionado sobre o suposto egoísmo de alguns jogadores, ele garantiu que não pretende mudar a característica de ninguém. E acrescentou que esse individualismo pode ser utilizado de maneira positiva.

"Há alguns jogadores que têm uma determinada característica e a melhor opção é não mudar", contou o treinador, ele próprio conhecido por seu temperamento difícil. "Existem treinadores que preferem um atacante egoísta, porque ele vê o gol e seu primeiro pensamento é finalizar. Este é um egoísmo positivo".

A grande missão de um treinador, na opinião de Mourinho, é conseguir mesclar esse "egoísmo positivo" com as qualidades do elenco. "Se você consegue juntar esse egoísmo com o jogo da equipe, tem a situação perfeita. Nossos atacantes são ótimos jogadores e desequilibram muito".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolReal MadridMourinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.