Reuters
Reuters

Mourinho diz que desentendimentos com Abramovich acabaram

Briga com dono do Chelsea culminou em sua saída em 2007

Steve Tongue, REUTERS

04 de agosto de 2015 | 09h59

O técnico do Chelsea, José Mourinho, disse nesta terça-feira que os desentendimento com o dono do clube, Roman Abramovich, acabaram e ele está pronto para lutar por seu quarto título do Campeonato Inglês.

Em sua primeira passagem pelo clube, em 2004, Mourinho ganhou a liga inglesa em suas duas primeiras temporadas, mas então se desentendeu com o dono russo e deixou o clube em setembro de 2007. Ele voltou dois anos depois, terminando em terceiro em sua primeira temporada de volta e então ganhou o título novamente em maio.

"No meu primeiro período, meu relacionamento pessoal (com Abramovich) era muito bom, mas profissionalmente tivemos algumas interferências e um pouco de desentendimento com algumas ideias", disse Mourinho à Sky Sports News.

"Neste momento não temos nenhum problema. Quando deixei o Real Madrid para vir para cá, o sr. Abramovich me pediu para lutar por títulos", acrescentou. O atual campeão inglês busca defender o título e começa a temporada em casa contra o Swansea City, no sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.