Mourinho diz que Drogba voltará ao Chelsea 'um dia'

Depois de empatar por 1 a 1 na ida, na Turquia, o Chelsea receberá o Galatasaray pela partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões nesta terça-feira, no Stamford Bridge. Do outro lado, terá um velho conhecido: o atacante Didier Drogba, um dos maiores ídolos da história do clube inglês, para onde pode voltar no futuro, pelo menos no que depender do técnico José Mourinho.

AE, Agência Estado

17 de março de 2014 | 18h13

"Ele é um jogador do Galatasaray, sabemos que seu contrato termina no fim da temporada, mas não achamos que essa seja a hora para falar sobre isso. O importante é que não sou eu, é o Chelsea, e isso (o retorno de Drogba) tem que acontecer algum dia", declarou o português nesta terça.

Apesar dos 36 anos e de estar longe de sua melhor forma, Drogba tem sido ligado ao Chelsea em rumores da imprensa europeia sobre seu futuro, já que o contrato com o Galatasaray termina no meio do ano. O retorno seria uma forma de homenagear o marfinense, que atuou pelo clube de 2004 a 2012 e foi um dos principais responsáveis pelo título da Liga dos Campeões na temporada 2011/2012.

"Quando uma pessoa representa tanto para um clube e um clube representa tanto para a pessoa, e este é o caso, acho que precisa haver o retorno", comentou Mourinho. "Ele é um dos jogadores mais importantes da história deste clube, disso não há dúvida."

Nem mesmo a idade avançada e a queda técnica enfrentada por Drogba nos últimos anos parece desanimar o treinador. "Ele é, aos 36 anos, o mesmo jogador que era aos 26? Ninguém é. Mas ele é um dos melhores atacantes do mundo, com certeza", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.