Glyn Kirk/AFP
Glyn Kirk/AFP

Mourinho escapa de punição após comentários ofensivos em vitória do United

Treinador foi flagrado por câmeras de tv 'desabafando' depois virada de 3 a 2 sobre o Newcastle

Estadão Conteúdo

31 Outubro 2018 | 14h18

O técnico do Manchester United, José Mourinho, escapou de punição depois de ser acusado pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) de ter usado uma linguagem imprópria para comemorar a vitória de virada de 3 a 2 do seu time em cima do Newcastle, em jogo válido pelo Campeonato Inglês.

Na ocasião, as câmeras flagraram o treinador português proferindo comentários ofensivos após o triunfo no Old Trafford. O desabafo veio em razão da pressão que Mourinho vinha sofrendo pelo maus resultados seguidos do United que o deixaram perto de perder seu cargo.

Apesar de o protocolo da federação inglesa prever punição para situações em que haja "linguagem ofensiva, insultuosa ou abusiva", a Comissão Reguladora Independente entendeu que o caso não é passível de punição. Segundo a entidade inglesa, que anunciou a absolvição de Mourinho nesta quarta, a decisão está sujeita a recurso de apelação.

Após o triunfo sobre o Newcastle, que contou com três gols no segundo tempo, o Manchester United venceu o Everton por 2 a 1 e empatou com o Chelsea em 2 a 2, o que fez o time de Manchester subir para a oitava posição do Campeonato Inglês e dar um respiro a Mourinho.

Em contrapartida, na Liga dos Campeões, o time inglês foi derrotado em casa pela Juventus, da Itália, por 1 a 0, na última semana e ficou estacionado na segunda posição do Grupo H, com quatro pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.