Mourinho fica mais tranquilo após conquista da Copa do Rei

José Mourinho está mais relaxado depois que o Real Madrid conquistou o primeiro troféu da sua gestão com a vitória na Copa do Rei contra os arquirrivais do Barcelona, disse o técnico português.

REUTERS

23 de abril de 2011 | 12h01

"Nós vencemos uma copa que é mais valiosa por conta da qualidade do nosso adversário. O momento que fica na minha memória é do abraço que eu recebi do presidente (Florentino Pérez)", disse Mourinho em coletiva de imprensa. "Saber que as pessoas me querem aqui e que eu ficarei aqui mais do que um ano, me deixa mais tranquilo. Meus times são sempre melhores na segunda temporada."

O treinador, com passagens por Inter de Milão, Chelsea e Porto, teve o seu futuro no cargo questionado apesar de estar apenas no primeiro ano de um contrato de quatro anos. A pressão crescia para o Real conquistar um troféu na sua primeira temporada, mas a conquista da Copa do Rei melhorou a situação.

Mourinho também aproveitou para acabar com as especulações de que estaria preparando um retorno para a Inter de Milão na próxima temporada, o time em que ele conquistou a tríplice coroa (Liga dos Campeões, Campeonato Italiano e Copa da Itália).

O Real segue oito pontos atrás do líder do Campeonato Espanhol Barcelona com seis partidas a serem jogadas. A próxima partida da equipe é fora de casa contra o terceiro colocado Valência, neste sábado, antes de enfrentar novamente o Barcelona duas vezes pela semifinal da Liga dos Campeões.

Contundidos, Emmanuel Adebayor, Angel Di María e Sami Khedira estão fora da partida contra o Valência no Mestalla - o estádio em que o Real conquistou a Copa do Rei.

A contusão do volante alemão Khedira deve deixá-lo de fora também da primeira partida contra o Barcelona. "Temos quase certeza que ele não joga no sábado ou na próxima quarta", disse Mourinho. "Esperamos que volte o mai1s rápido possível."

Tudo o que sabemos sobre:
FUTESPANHOLREALMOURINHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.