Ted S. Warren/AP
Ted S. Warren/AP

Mourinho fixa preço de venda de Schweinsteiger: 2 milhões de libras

Técnico português já avisou que não quer contar com o meia alemão no Manchester United

Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2016 | 08h50

Campeão do mundo em 2014 pela Alemanha, o meia Bastian Schweinsteiger está mesmo desprestigiado no Manchester United. Tanto que o técnico José Mourinho, que assumidamente não quer contar com o experiente jogador, fixou o preço para os clubes que quiserem levar o jogador: 2 milhões de libras (em torno de R$ 8,4 milhões).

O valor é baixíssimo, se comparado ao que o clube gastou em reforços na atual janela de transferências - só a negociação pelo francês Paul Pogba, rival direto na briga por uma posição no meio-campo, teve valores recordes e ultrapassou os R$ 101 milhões pagos por Gareth Bale pelo Real Madrid. No entanto, o alto salário do jogador, de 11 milhões de libras anuais, pesa contra o atleta.

Leva-se, ainda, em consideração o valor que o meia alemão custou aos Red Devils um ano atrás, de 7 milhões de libras (cerca de R$ 29 milhões, na cotação atual). Schweinsteiger não conseguiu fazer valer as expectativas criadas sobre o seu futebol na sua chegada, tendo convivido com lesões e o banco de reservas durante grande parte da temporada passada, quando foi comandado pelo holandês Louis Van Gaal.

Especula-se que o meia, de 31 anos, possa retornar para o Bayern de Munique para dar sequência na carreira. De acordo com a imprensa britânica, o técnico Brendan Rodgers cogitou fazer uma proposta para levar o atleta para o Celtic, da Escócia, fator posteriormente negado pelo ex-treinador do Liverpool.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.