Mourinho ignora provocação e elogia torcida do Atlético

José Mourinho reagiu com gentileza à provocação da torcida do Atlético de Madrid no clássico desta quinta-feira, no Estádio Vicente Calderón, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Rei. "Los colchoneros", como são conhecidos os torcedores da equipe tricolor, criaram uma música com o verso "Morra, Mourinho", que foi cantada durante vitória por 1 a 0 pelo Real Madrid.

AE, Agência Estado

21 de janeiro de 2011 | 10h05

"Não tenho problemas. Para mim, a torcida do Atlético, mesmo perdendo por 3 a 1 (placar do jogo de ida), passando um frio de morrer às 22h (locais), vem, lota o estádio e esquenta a partida. Eles ficaram até o fim, com o jogo morto. É uma torcida fantástica. O cântico não é um problema. Isto acontece aqui e em outros lugares", comentou Mourinho, na entrevista coletiva.

Com o resultado, o Real Madrid avançou às semifinais da Copa do Rei, em que enfrentará o Sevilla, e ampliou para 20 jogos sua invencibilidade diante do rival da capital espanhola. A última vitória do Atlético no clássico foi em 1999.

A outra semifinal do torneio será disputada entre Barcelona, que eliminou o Bétis nas quartas de final, e o Almería, que passou pelo Deportivo La Coruña.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.