Andrew Couldridge|Reuters
Andrew Couldridge|Reuters

Mourinho libera Schneiderlin para deixar o Manchester em janeiro

'Se receber uma boa oferta, eu não impediria sua saída', diz técnico

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2016 | 13h40

Pouco utilizado pelo técnico José Mourinho no Manchester United, o meia Morgan Schneiderlin deverá defender novo clube a partir do ano que vem. O próprio treinador revelou nesta sexta-feira que já conversou com o jogador francês de 27 anos e o liberou para negociar sua saída para outra equipe na janela para transferências de janeiro.

Mourinho disse que vem conversando com Schneiderlin e revelou que o jogador "já abriu seu coração algumas vezes" sobre sua situação no Manchester. "Minha resposta para ele foi que, se receber uma boa oferta e nossa direção achar que foi uma boa oferta para um jogador tão bom quanto o Morgan, eu não impediria sua saída", comentou o português.

Schneiderlin foi uma das principais contratações do clube no meio do ano passado. Revelado pelo Strasbourg, da França, o jogador chegou ainda jovem ao Southampton, onde atuou por sete temporadas e ganhou destaque. Tanto, que se tornou presença constante na seleção de seu país e fez o Manchester desembolsar 25 milhões de libras para contratá-lo.

No clube, no entanto, Schneiderlin nunca repetiu as boas atuações e, com a chegada de Mourinho, perdeu espaço de vez. Disputou somente seis partidas na temporada, sendo apenas duas como titular, e ambas na Liga Europa. Com sua provável saída, o Everton e o West Bromwich aparecem como destinos mais prováveis para o meia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.