Andrew Yates/Reuters
Andrew Yates/Reuters

Mourinho parabeniza Manchester City e reclama de apatia dos jogadores do United

Rival dos Red Devils garantiu o título inglês após derrota do time do português para o West Bromwich

Estadão Conteúdo

15 de abril de 2018 | 17h14

A surpreendente derrota do Manchester United para o lanterna West Bromwich neste domingo, em casa, por 1 a 0, que resultou no título do Campeonato Inglês ao rival Manchester City, provocou uma reação ambígua do técnico José Mourinho.

+ PSV Eindhoven supera o Ajax e conquista o Campeonato Holandês pela 24º vez

+ Douglas Costa brilha, Juventus vence Sampdoria e dispara na liderança do Italiano

Se, por um lado, reconheceu que o rival fez uma grande campanha e mereceu a conquista, ele, por outro, criticou a apatia e o deslumbramento de seus jogadores, que teriam resultado na derrota deste domingo.

"Creio que merecemos ser punidos porque fomos os mestres da complicação. Os jogadores não quiseram ou não conseguiram fazer o simples", lamentou o treinador, apontando que a vitória sobre o City na semana anterior pode ter deslumbrado o elenco.

"Os jogadores estavam muito cômodos, muito relaxados. Conheço os atletas e tenho essa experiência para enxergar. Eu não sou assim", criticou. "Já conquistei oito títulos de liga em minha carreira e não perco a cabeça por ter derrotado o City em um duelo que valia três pontos. Muitos dos meus jogadores pensaram que ganhar do City era o máximo. Eu já ganhei muito em minha carreira para pensar assim."

Embora tenha subido o tom para reclamar de seus jogadores, Mourinho foi mais cauteloso ao falar sobre o título do rival. "O City é um campeão merecido", assegurou. "O City ganhou porque jogou melhor do que todos, porque ontem (sábado) derrotou o Tottenham e porque só perdeu duas partidas na temporada. Não é justo dizer que o United deu o título para eles. O United não deu nada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.