Andres Kudacki/AP
Andres Kudacki/AP

Mourinho prevê espetáculo em jogo da Copa dos Campeões

Primeiro duelo contra o Manchester United será nesta quarta-feira

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2013 | 16h13

MADRI - José Mourinho reconheceu nesta terça-feira que o Real Madrid terá trabalho diante do Manchester United, em um dos jogos mais aguardados desta edição da Copa dos Campeões. O treinador mostrou confiança em seus jogadores, mas reconheceu que o time inglês é um rival "fortíssimo".

"Sei como vamos jogar e vamos fazer de tudo para conseguir [impor nosso jogo], mas do outro lado teremos uma equipe fortíssima, com uma grande experiência internacional, que sabe como manejas as variáveis de uma partida como essa", avaliou o técnico português.

Neste duelo de grandes times, Mourinho espera, além da vitória, um "espetáculo" das duas partes. "Esperamos que as expectativas sobre esse jogo se concretizem e que possamos dar um espetáculo. Gosto muito dos grandes jogos, todos os jogadores querem entrar em campo nestas partidas", afirmou.

Mourinho confirmou que está focado na busca pelo título da Copa dos Campeões, depois de ver o troféu do Campeonato Espanhol escapar das mãos, por causa do fraco início de temporada - 16 pontos separam o Real Madrid do líder Barcelona.

"O Real tem nove [troféus] e eu, dois. Somos privilegiados. O Real quer o décimo título e eu, o terceiro. Vamos lutar por isso. Tenho confiança no meu trabalho e não penso em terminar minha carreira com apenas dois troféus", declarou Mourinho. "Esta será uma partida chave. Todos esperam um grande embate. Conheço a cultura do futebol inglês, conheço Ferguson [Alex, técnico do Manchester]. E eles vão querer jogar uma grande partida".

O duelo desta quarta-feira será o primeiro dos dois confrontos entre Real e Manchester, no Estádio Santiago Bernabéu. A partida da volta está marcada para o dia 5 de março, no Estádio Old Trafford, em Manchester.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.