Reuters/Jason Cairnduff
Reuters/Jason Cairnduff

Mourinho prevê 'problemas' para o Manchester United com o calendário

Com 13 semanas para o fim da temporada, equipe inglesa poderá ter 27 jogos a disputar

Estadao Conteudo

15 Fevereiro 2017 | 13h30

Na véspera de um compromisso do Manchester United no mata-mata da Liga Europa, o técnico José Mourinho expressou sua preocupação com a possibilidade de o clube inglês ter quer encarar uma maratona de jogos na reta final da temporada, o que vai colocar a equipe, na sua opinião, em "muitos problemas".

Nesta temporada, o Manchester United ainda está envolvido em quatro torneios - Campeonato Inglês, Copa da Inglaterra, Liga Europa, Copa da Liga Inglesa. "Se avançarmos nas competições, teremos problemas", declarou.

O Manchester United está no mata-mata da Liga Europa que envolve 32 clubes - vai receber o Saint-Étienne, da França, nesta quinta-feira - e nas oitavas de final da Copa da Inglaterra. O time ainda terá 13 rodadas pela frente no Campeonato Inglês, torneio em que ocupa a sexta posição e tenta ficar entre os quatro primeiros para garantir uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada. Além disso, fará a final da Copa da Liga Inglesa com o Southampton em 26 de fevereiro.

Com 13 semanas para o fim da temporada, o Manchester United poderá ter 27 jogos a disputar. E o time vive bom momento, com apenas uma derrota nos últimos 22 compromissos. "Nós não podemos escolher competições no Manchester United", disse Mourinho.

Com esse discurso, o português promete escalar uma equipe forte nesta quinta, no Old Trafford, em uma competição que oferece ao vencedor uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada. "A Liga Europa não é uma competição que queremos jogar", disse Mourinho. "Mas nós jogamos."

Mourinho disse que Wayne Rooney, Michael Carrick e Phil Jones ficarão de fora do jogo devido a lesões. Paul Pogba deve atuar normalmente, o que significará que o francês vai encarar o seu irmão mais velho, Florentin, pela primeira vez em uma competição.

"Eu acho que só a mamãe Pogba terá problemas. Será impossível para a senhora escolher. Eu sei, por Paul, que ela quer um empate", afirmou o treinador do Manchester United.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.