Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

MP prepara devassa no futebol

O procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, pediu nesta terça-feira aos integrantes do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul que façam uma devassa nas finanças e transações realizadas pelo ex-técnico da seleção brasileira e atual treinador do Corinthians, Wanderley Luxemburgo; do ex-presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva; e de ex-dirigentes do Grêmio e do Internacional.Em ofícios encaminhados aos procuradores-chefes nos dois Estados, Brindeiro pede a abertura de inquéritos por entender que os fatos, em tese, constituem crimes e outras infrações.Para pedir as providências, Brindeiro tomou como base documentos entregues a ele pelo presidente da CPI do Futebol, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), e pelo relator da comissão, senador Geraldo Althoff (PFL-SC).Na segunda-feira, o procurador já tinha tomado providências contra o presidente do Vasco da Gama, o deputado federal Eurico Miranda (PPB-RJ). Brindeiro pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito contra o parlamentar por indícios de vários crimes, dentre os quais lavagem de dinheiro.Os ex-dirigentes do Grêmio e do Internacional que serão investigados pelo Ministério Público são suspeitos de venda irregular de jogadores sem que o dinheiro tenha passado pelo Banco Central. Já Luxemburgo é suspeito de sonegação fiscal. Edmundo Santos Silva é suspeito de enriquecimento ilícito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.