MSI desmente acordo com São José

Os representantes legais da MSI (Mídia Sports Investiment), empresa que acaba de fechar parceria com o Corinthians, desmentiram no início da noite desta quarta-feira qualquer tentativa de administrar outros clubes no Brasil. Isso aconteceu devido às especulações de que o grupo iria assumir o São José, de São José dos Campos, que vai disputar o Campeonato Paulista da Série A-3, a Terceira Divisão, em 2005.Através da sua intérprete, o iraniano Kia Joorabchian negou veementemente qualquer parceria com o clube de São José dos Campos. De seu escritório, na Avenida das Nações Unidas, em São Paulo, o empresário disse que a única intenção da MSI no Brasil é gere nciar o futebol do Corinthians.Além disso, Kia garante que as únicas pessoas autorizadas para falar sobre a MSI no Brasil são ele e Maurício Fleury, advogado e representante legal do grupo. Ninguém, em hipótese alguma, está autorizado a representar ou comentar assuntos da empresa.A história da parceria MSI-São José surgiu na cidade durante a semana. A informação dava conta de que a empresa estaria disposta a investir no clube e a negociação estaria sendo feita por Luiz Roberto Porto e Renato Duprat. O investimento seria da ordem de US$ 2 milhões (cerca de R$ 5,5 milhões). Esse valor foi até confirmado pelo presidente joseense, Wilson Renato, e seria para o pagamento de dívidas do São José e na montagem de um elenco forte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.