Mudança de data prejudica Fluminense

A diretoria do Fluminense reconheceu nesta segunda que ficou surpresa com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e dos organizadores da Copa dos Campeões em adiar a partida contra o Palmeiras, pelas semifinais, de quarta-feira para domingo. O vice-presidente de Futebol do Tricolor, Marcelo Penha, disse não saber que atitude tomar, porque o time tem um amistoso marcado para domingo, contra o Toluca (México), para comemorar o centenário do clube."Não sei que atitude tomar. Não podemos perder um jogo importante por W.O, já que a Copa dos Campeões é uma prioridade", afirmou Penha. "Porém já era sabido que o Fluminense ia comemorar seu centenário no domingo." O dirigente estava visivelmente chateado com a mudança, mas que não pretende atrapalhar a competição. "Eles marcaram datas especiais para o Grêmio e o São Caetano por causa da Copa Libertadores. O bom senso deveria prevalecer e o nosso jogo ser confirmado para quarta-feira", disse Marcelo. A diretoria do Fluminense já confirmou as solenidades que serão realizadas para comemorar o centenário do clube. A semana será de comemorações no Fluminense: nesta terça acontece o lançamento do cartão de crédito de afinidade, nas Laranjeiras, às 19h. No mesmo horário será lançado o livro "A História do Fluminense em Cordel". Na quarta serão lançadas medalhas e selos comemorativos do centenário. Na quinta acontece uma sessão solene do Conselho Deliberativo.Na sexta é a vez do lançamento do livro "Fluminense, 100 anos de Glórias". No sábado será realizado o baile de gala do centenário, no salão nobre do clube. Por fim, no domingo, o Fluminense enfrenta o Toluca, finalizando as comemorações pelo ano do centenário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.