Mudanças no meio-de-campo não preocupam o Cruzeiro

O meio-de-campo do Cruzeiro vai passar por mais uma alteração forçada na partida desta quarta-feira. contra o Atlético-PR, no Mineirão. O volante Charles recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Com isso, o técnico Adilson Batista deve escalar a sexta formação diferente no setor neste Campeonato Brasileiro. Entretanto, mesmo com as constantes mudanças, a equipe mineira faz excelente campanha - está em 2.º lugar, com 21 pontos.O setor de meio-de-campo é considerado um dos pontos fortes da equipe cruzeirense. A formação com os titulares Fabrício, Charles, Ramires e Wagner entrou em campo em sete das 11 partidas disputadas. Das quatro nas quais eles não jogaram juntos, o time venceu três e empatou uma."O meio-campo está sobressaindo. Acho que a gente está jogando bastante junto, compacto. Então, isso faz com que a gente se ajude. E quando tem dois, três jogadores do meio-campo atacando, sempre tem um na sobra para dar um suporte atrás. A gente está se entendendo bem, espero que possamos chegar a 50% (dos gols marcados)?, analisou o meia Wagner.O único jogador do quarteto que disputou todas os jogos do Brasileirão até agora é o volante Fabrício. ?Hoje eu estou vivendo a melhor fase da minha carreira. Estou procurando ser regular, procurando errar o menos possível. A gente erra quando busca uma bola mais longa, um drible que também faz parte do jogo. A gente tem que arriscar algumas vezes e é quando acontecem os erros. Mas eu tenho trabalhado, me cobrado bastante e estou feliz com o desempenho de todo mundo, com a gratidão que a torcida vem tendo com o meu trabalho e eu só tenho a agradecer e continuar trabalhando forte?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.