Mulher de Valdivia manifesta torcida para que jogador volte ao Palmeiras

Daniela Aranguiz publica fotos em redes sociais com mensagem para que o chileno, atualmente sem clube, defenda o time paulista

O Estado de S. Paulo

07 de junho de 2017 | 17h57

A mulher do meia chileno Valdivia, Daniela Aranguiz, manifestou nesta quarta-feira a torcida para que o jogador volte a defender o Palmeiras. Em uma rede social, ela publicou fotos do marido com as camisas do clube paulista e do Colo-Colo, junto com uma frase sobre qual pretende quer quer seja o destino dele, que nos dois últimos anos atuou pelo Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos.

"Minhas duas equipes, as duas estão no coração. Momentos felizes, momentos lindos e de gratidão. O meu sonho é ver você com essas duas camisas novamente", comentou Daniela. Valdivia começou a carreira no Colo-Colo e tem o Palmeiras como o clube onde mais jogou. Foram duas passagens: a primeira entre 2006 e 2008 e a outra de 2010 a 2015.  

O jogador de 33 anos está sem clube e livre para negociar. Valdivia está no Brasil de férias e pela identificação que possui com o Palmeiras, chegou a ter o nome pedido por torcedores nas redes sociais. No clube paulista o chileno conquistou os títulos do Campeonato Paulista de 2008, da Copa do Brasil de 2012 e do Brasileiro da Série B de 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.