Müller mira boa atuação e liderança para Alemanha

O atacante Thomas Müller terminou as duas primeiras partidas da Copa do Mundo de maneiras quase que opostas. Após marcar três gols na estreia e passar em branco na segunda partida, o artilheiro da seleção alemã quer a vitória contra os Estados Unidos, pela última rodada do Grupo G, na partida que definirá a liderança da chave.

AE, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 15h13

"Nós queremos jogar bem, tentar não tomar gols e sairmos líderes do grupo", afirmou. "Mas temos que tomar muito cuidado. O torneio pode acabar muito rapidamente", completou o jogador.

Destaque na goleada por 4 a 0 contra Portugal, o atacante não foi bem no empate em 2 a 2 contra Gana. Para piorar, no fim do jogo ele ainda levou a pior e saiu de campo com um corte no supercílio e um grande sangramento. O resultado foram cinco pontos próximos ao olho direito, o que não vai tirá-lo da partida contra os norte-americanos. "Livre de dor é uma expressão muito forte, mas estarei pronto para jogar sem o auxílio de analgésicos", explicou.

Tanto Alemanha quanto os Estados Unidos já descartaram um jogo visando o empate, resultado que classifica as duas equipes e tira Gana e Portugal da disputa no grupo. O confronto que decidirá quem passa como líder para as oitavas de final será nesta quinta-feira, na Arena Pernambuco, em Recife.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolThomas Müller

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.