Mundial de Clubes começa com duelo Austrália x Nova Zelândia

Adelaide United e Waitakere United se enfrentam nesta quinta em Tóquio a partir das 8h45 (horário de Brasília)

Agência Estado,

10 de dezembro de 2008 | 17h43

Sem a presença de times brasileiros, o Mundial de Clubes começa a ser disputado nesta quinta-feira, em Tóquio, no Japão. O jogo que marca a abertura do torneio, a partir das 8h45 (horário de Brasília), será entre o Adelaide United (Austrália) e o Waitakere United (Nova Zelândia), válido ainda pela fase preliminar - acompanhe o duelo pelo estadao.com.br. Mas os grandes favoritos ao título, Manchester United (Inglaterra) e LDU (Equador), só entram em ação na semana que vem.   Veja também:  Jogos e datas do Mundial da Fifa Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão O duelo de abertura do Mundial reunirá o campeão da Oceania, Waitakere United, e o representante da Ásia, Adelaide United. O jogo é eliminatório, sendo que o vencedor se classifica para as quartas-de-final do torneio, quando enfrentará o Gamba Osaka, do Japão, no próximo domingo.O outro confronto das quartas-de-final do Mundial já está definido: o mexicano Pachuca (Concacaf) e o egípcio Al Ahly (África) se enfrentam no sábado, também em Tóquio. Enquanto isso, Manchester United e LDU entram na disputa apenas nas semifinais, marcadas para acontecer nos dias 17 e 18 de dezembro, o que facilita o caminho de ambos rumo ao título da competição.Como a LDU desmontou o grupo que foi campeão da Libertadores em julho, contra o Fluminense, o Manchester United aumenta ainda mais seu favoritismo para chegar ao título mundial. O time inglês, atual campeão europeu, irá ao Japão com todos seus astros, inclusive o português Cristiano Ronaldo, que é aposta certa ao prêmio da Fifa de melhor jogador do mundo em 2008.Entre os sete clubes participantes dessa edição do torneio, o Manchester United é o único que já foi campeão mundial. Foi em 1999, quando a Fifa ainda não tinha assumido a organização da competição e existia apenas a Copa Intercontinental, reunindo somente os representantes da Europa e da América do Sul.Mas a LDU espera surpreender, assim como fez na Libertadores, quando bateu o Fluminense em pleno Maracanã na decisão. "Vamos com toda ilusão ao Japão. Não sei se vamos ganhar ou perder, mas terão de nos matar em campo para conseguir derrotar a gente", avisou o técnico do time equatoriano, o argentino Edgardo Bauza.PRESENÇA BRASILEIRAApesar de não ter levado nenhum time para essa edição do Mundial, o Brasil terá alguns jogadores na disputa. Os mais famosos são o volante Anderson, do Manchester United, e os atacantes Christian, do Pachuca, e Roni, do Gamba Osaka. Mas também há uns mais desconhecidos, como Diego e Cassio, ambos do Adelaide United, e Pimenta, do Waitakere United.GRANAAlém da honraria de ser campeão mundial, o torneio realizado no Japão dá uma boa recompensa financeira a todos os seus participantes. Dessa vez, houve um acréscimo de US$ 500 mil, levando a premiação total a US$ 16,5 milhões. Dessa valor, US$ 5 milhões são para o clube que ficar com o título, enquanto o vice leva US$ 4 milhões.ESTRÉIANa partida de abertura do Mundial, o Adelaide United é considerado favorito diante do Waitakere United, que representa a Oceania e tem alguns jogadores "semiprofissionais", que dividem o futebol com profissões como professor. Enquanto isso, o time australiano chegou ao Mundial mesmo tendo sido vice-campeão asiático, já que perdeu o título para o Gamba Osaka e ficou com a vaga que seria de uma equipe japonesa - direito reservado ao país-sede do torneio.

Tudo o que sabemos sobre:
Mundial de ClubesFifafutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.