Mundial de Clubes: sai a premiação

Enquanto os dirigentes do Palmeiras falam em corte de despesas e poucos investimentos, eles nem estavam informados sobre os polpudos valores da premiação no Mundial Inteclubes, da Fifa, que o clube participará em julho. A Traffic, que tem os direitos de comercialização, divulgou hoje a premiação para os participantes da competição. Segundo o vice-presidente da empresa, Ruy Brisolla, os custos com a premiação serão desembolsados pela Fifa. Na primeira fase, os eliminados recebem US$ 2,7 milhões. Já os times que chegarem às semifinais terão garantidos a cota de US$ 3,5 milhões. O vice-campeão ficará com US$ 6 milhões, enquanto o campeão será premiado com US$ 7 milhões. Segundo Brisolla, os clubes já teriam sido comunicados sobre os valores pela Conmebol. Mas o diretor de Futebol do Palmeiras, Américo Faria, garantia não saber dos valores da premiação. E ainda insistiu em dizer que o clube irá manter a política de contenção de gastos, sem novos investimentos para o torneio. "Gastamos o limite de nosso orçamento para o futebol. Se vierem reforços serão por meio de composições e trocas", observou. O diretor não quis se pronunciar sobre a possível contratação do meia Juninho Pernambucano, que está ganhando o passe livre na Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.