Gilvan de Souza|Flamengo
Gilvan de Souza|Flamengo

Muralha celebra início do Flamengo e projeta: 'Cresceremos mais'

Time rubro-negro marcou sete gols e sofreu apenas um no Carioca

Estadao Conteudo

02 Fevereiro 2017 | 21h38

Em duas partidas oficiais na temporada, o Flamengo somou seis pontos no Campeonato Carioca, marcou sete gols e sofreu apenas um. O início é dos mais animadores e, além dos torcedores, os jogadores se mostram confiantes com este retrospecto. O goleiro Alex Muralha, por exemplo, deixou claro seu otimismo nesta quinta-feira.

"Creio que ainda cresceremos mais. Tivemos pouco tempo de preparação, mas, nesses dias, todos se dedicaram muito e os resultados estão acontecendo. No entanto, ainda temos muito para evoluir. Estamos apenas no início. Temos que manter os pés no chão, sem 'oba oba'. É sempre bom ganhar, mas precisamos continuar trabalhando forte para seguirmos vencendo", declarou.

Muralha já havia escancarado sua satisfação com o início de temporada do Flamengo na noite de quarta, após o triunfo por 3 a 0 sobre o Macaé. Na ocasião, elegeu o técnico Zé Ricardo como grande responsável por este momento rubro-negro. E nesta quinta, voltou a se derreter em elogios ao treinador.

"Estamos há um tempo com o Zé, mas tivemos o prazer de estar em uma pré-temporada com ele pela primeira vez. Ele pôde nos passar trabalhos mais específicos, tendo tempo para trabalhar. Mesmo sendo por um período curto, pudemos aproveitar bem. A evolução está sendo boa. Todos estão bastante focados, tanto na defesa quanto no ataque, jogando de maneira compacta. Isso é importante para que possamos melhorar a cada dia", analisou.

Nesta quinta-feira, no entanto, o trabalho de Zé Ricardo encontrou um obstáculo: a chuva. A tempestade que caiu no Ninho do Urubu obrigou a comissão técnica a interromper o treino técnico de passes e finalizações que acontecia no gramado para os reservas - os titulares fizeram atividade de regeneração. Na sexta, o Flamengo fará seu último trabalho antes do confronto com o Bangu, sábado, na casa do adversário.

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.