Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Muricy admite futebol ruim e promete mexer no time

Treinador do Palmeiras afirma que o problema da equipe no Campeonato Brasileiro está dentro de campo

Agencia Estado

27 de outubro de 2009 | 15h06

O técnico Muricy Ramalho reconheceu nesta terça-feira que o Palmeiras passa por um mau momento técnico no Campeonato Brasileiro e negou qualquer interferência extra campo para explicar os maus resultados. Para o treinador, ele precisa agora provar o seu valor e fazer as mudanças necessárias para que a equipe volte a apresentar um bom futebol.

Veja também:

linkMuricy exalta obsessão pelo título

linkFora da seleção, Diego Souza só pensa no título

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O nosso problema está dentro do campo. Seria melhor se fosse fora, seria muito mais fácil corrigir. Mas o ambiente é ótimo, nosso time é disciplinado até demais. Eu não tenho nenhuma desculpa, a gente está passando por um mau momento", afirmou o treinador para a Sportv, assegurando que mudará a equipe.

"O que precisa é de técnico no momento. O time tomou sete gols nos últimos três jogos e não fez nenhum. Isso não pode, precisa mudar jogador, o esquema tático. A gente precisa fazer alguma coisa, e nesse momento eu sou bom. Eu sei mexer, cresço muito nessa hora", garantiu Muricy Ramalho.

A necessidade de mudança ficou clara após a derrota para o Santo André na semana passada, em partida muito criticada pelo treinador. "Um time que está em primeiro lugar não pode jogar como jogou contra o Santo André. A gente não jogou nada. O time que estava em campo era bom, só tinha pedido o Cleiton Xavier. O resto era o melhor possível do que temos agora", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.