Muricy barra Renê Júnior e escala promessa no ataque

Insatisfeito com o desempenho do Santos nas últimas rodadas e com as três partidas consecutivas sem vitória, Muricy Ramalho decidiu mudar. Na vitória por 3 a 0 sobre o time B do São Vicente, em jogo-treino realizado nesta quinta-feira, o treinador alterou o esquema tático e voltou a escalar a equipe com dois atacantes, diferentemente do esquema com cinco jogadores no meio de campo que vinha sendo utilizado.

SANCHES FILHO, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 13h01

Pior para o volante Renê Júnior, que foi barrado e teve que acompanhar do banco a vitória santista por 3 a 0 no jogo-treino. Sem poder contar com Neymar, suspenso, diante do XV Piracicaba no domingo, Muricy promoveu a entrada do jovem Giva, de 20 anos, no ataque ao lado de André.

Giva se destacou na campanha do título santista na última Copa São Paulo de Juniores e terminou a competição como artilheiro da equipe, com cinco gols. Ele deve ser confirmado como titular para enfrentar o XV de Piracicaba, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista, já que Neymar foi expulso diante da Ponte Preta, no último domingo.

Neymar, aliás, atuou na segunda parte do jogo-treino desta quinta ao lado dos reservas, e marcou dois dos três gols santistas na nova vitória por 3 a 0. A outra opção para seu lugar poderia ser Miralles, mas o atacante segue lesionado e faz tratamento para poder voltar atuar no clássico com o Corinthians, no dia 3 de março.

Caso confirme a escalação utilizada diante do São Vicente nesta quinta, Muricy Ramalho levará o Santos a campo diante do XV de Piracicaba com: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Marcos Assunção, Arouca, Cícero e Montillo; André e Giva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.