Muricy cogita novas contratações, mas diretoria desconversa

Para dirigentes do Santos, o melhor negócio é dar espaço para jogadores das categorias de base

SANCHES FILHO, Agência Estado

11 de março de 2013 | 18h25

SANTOS - Muricy Ramalho já pensa em pedir novas contratações no Santos. De acordo com o treinador, os reforços ampliariam e qualificariam o elenco santista, de olho na disputa do Campeonato Brasileiro, a partir de maio.

O objetivo do treinador, contudo, vai na contramão do pensamento da diretoria, que prefere aproveitar jogadores formados na base, na esperança de preencher lacunas em posições como a lateral-esquerda e o meio-campo.

Conselheiros contrários à filosofia de trabalho de Muricy, de privilegiar a contratação de reforços em detrimento dos jogadores formados no clube, alegam que o treinador ainda nem conseguiu montar o time ideal, aproveitando todos os reforços que recebeu para 2013.

"Considero normal o treinador pleitear reforços para melhorar o grupo, mas além das boas contratações que o clube fez, a base do time sub 20 tem atletas de qualidade. E Muricy vem utilizando com sabedoria esses garotos. Gostei da atuação de Émerson [Palmieri] no jogo de domingo e o Giva foi bem nas duas partidas em que começou jogando", analisou o presidente santista em exercício, Odílio Rodrigues.

O dirigente disse ainda que o Santos deixou de pensar em Marcelo Moreno, do Grêmio, e que não trata de nenhuma contratação no momento. "Mas reconhecemos que, como todo time, o Santos tem as suas limitações e por isso estamos sempre atentos ao mercado. Se surgir uma boa oportunidade, poderemos voltar a contratar", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCcontratações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.