Muricy destaca regularidade e diz que os outros tropeçarão

Com 81,25% de aproveitamento em casa, técnico agora quer que o São Paulo também brilhe como visitante

Redação,

24 de outubro de 2008 | 10h09

O triunfo sobre o Vitória no Morumbi foi muito comemorado pelos jogadores do São Paulo, em especial pelo técnico Muricy Ramalho. Com aproveitamento de 81,25% em casa, o treinador acredita que o time voltou a encontrar a regularidade que o consagrou campeão do Brasileirão nos últimos dois anos. Veja também:São-paulinos enaltecem importância de HernanesHugo minimiza importância de gols no São PauloSão Paulo vence e sobe para o segundo lugar no BrasileirãoSão Paulo: determinação para conquistar o título do Brasileirão  Classificação Calendário / Resultados Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão?    Ouça os gols do jogo pela Rádio Eldorado/ESPN Bate-Pronto: Líderes fazem a lição de casa Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Muricy espera que os jogadores mantenham a concentração para os próximos jogos. Desta forma, o time teria uma boa evolução e chegaria à liderança. "Uma hora os outros [Grêmio, Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo] vão tropeçar, não tem como", afirma o treinador são-paulino. "Essa reta final será dura, mas temos de estar preparados." O São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, 29, contra o Botafogo no Engenhão. Muricy não terá Richarlyson, Jean e Zé Luis, suspensos. "A gente também precisa vencer fora de casa", explica o treinador. "Não tem jogo fácil. Temos de ter a consciência de que precisaremos de um empenho maior para vencer no Rio." O técnico são-paulino também pediu apoio da torcida nesta reta final. Contra o Vitória, pouco mais de 17 mil torcedores estiveram no Morumbi. "Está certo que choveu bastante nesta quarta, mas a gente precisa dos torcedores. E o time está ciente de que tem de ganhar esse apoio com boas apresentações em campo", afirma Muricy.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.