Muricy deve repetir escalação do Santos no clássico

O que vinha sendo raro no Santos após a conquista da Copa Libertadores, vai acontecer no clássico contra o São Paulo, domingo, na Vila Belmiro. Muricy Ramalho vai poder repetir a escalação do time que derrotou o Fluminense, quarta-feira passada. Mesmo assim, o treinador faz mistério e continua reclamando, embora não tenha perdido nenhum titular por contusão ou cartão.

SANCHES FILHO, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 18h42

Apenas Arouca e Elano não apareceram na manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, para participar do mini-treino de fundamentos e de uma brincadeira de futevôlei. Ambos fizeram um trabalho de recuperação na academia. Paulo Henrique Ganso, com quatro pontos no supercílio direito (sofreu um corte no jogo de quarta-feira), participou das atividades e está liberado pelo departamento médico. O único jogador que continua sob tratamento é o meio-campo Ibson.

"Fica difícil falar sobre a escalação porque é jogo após jogo e sempre surgem problemas. É realmente uma correria, loucura, não dá nem para treinar e por isso tem que ter calma para definir o time", queixou-se Muricy.

A reclamação do treinador agora é pela maratona que o time está enfrentando em razão dos jogos adiados contra Corinthians, Fluminense e Grêmio. As mudanças foram pedidas por ele, inicialmente para que os jogadores pensassem apenas na Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.