Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Muricy diz que Cuca se ofereceu para treinar o São Paulo

Treinador desabafa e revela que problemas internos impediram a formação de 'um time com liga'

20 de junho de 2009 | 15h25

Após a saída do São Paulo, o técnico Muricy Ramalho desabafou em entrevista e disse que outros treinadores ligaram para o presidente Juvenal Juvêncio para se oferecer para a sua vaga. O principal criticado por Muricy foi Cuca, atualmente no Flamengo - ouça a entrevista completa na Rádio Eldorado/ESPN.

 

Veja também:

linkSão Paulo e Cuca desmentem declarações de Muricy Ramalho

linkRicardo Gomes chega para o lugar de Muricy

som Ouça na Eldorado/ESPN a entrevista de Ricardo Gomes

linkJuvêncio: 'É assim mesmo no futebol'

linkMuricy Ramalho se despede e fala em viajar

forum VOTE: Ricardo Gomes terá sucesso no São Paulo?

forum VOTE: São Paulo acerta ao demitir Muricy?

lista Baixe o papel de parede dos mascotes do Brasileirão

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"É brincadeira. O Cuca ligou para o São Paulo perguntando se podia pedir demissão do Flamengo para treinar o clube", revelou Muricy. "É demais, né. Ele tem problemas lá no Rio e liga para cá."

 

Muricy disse que agora ficará um tempo fora do futebol e que só voltará a assumir um clube que oferecer um projeto a longo prazo. "Saio de cabeça erguida. É um processo normal no futebol. Passou o tempo e agora tem de seguir a vida. Agora vou descansar um pouco."

 

Sobre o São Paulo, Muricy falou que existem problemas internos entre os jogadores. "O grupo não pegou muita liga. Não adianta que assim não vai. A relação comigo continuou a mesma, mas falta eles se entrosarem um pouco mais internamente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.