Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Muricy diz que derrota no clássico foi 'injusta'

'Estamos jogando bem, mas falta alguma coisa, e eu espero consertar isso no futuro', afirma o treinador

VÍTOR MARQUES E MARCEL RIZZO, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 20h43

O técnico Muricy Ramalho classificou de "injusta" a derrota do Palmeiras para o Corinthians, por 1 a 0, neste domingo, no Pacaembu. Na avaliação do treinador, o seu time criou oportunidades de gols suficientes para buscar o empate e até conseguir a virada no clássico.  

 

Veja também:

link Corinthians vence Palmeiras por 1 a 0

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

"Apertamos bem o Corinthians, e isso é que deixa a gente animado. Mas o resultado não foi uma realidade da partida", declarou Muricy, que mostrou irritação durante a entrevista coletiva.

Para o treinador, o Palmeiras jogou bem e fez o que "tinha que fazer", em relação à postura da equipe dentro de campo. O time dominou a maior parte do jogo e fez inúmeros cruzamentos na área no segundo tempo.

Muricy atribuiu o resultado à boa atuação do goleiro Felipe, que exibiu grandes defesas na etapa final. "Ele foi muito bem", afirmou. O treinador ainda disse que faltaram poucos detalhes para o Palmeiras sair com uma vitória do Pacaembu.

"Estamos jogando bem, mas falta alguma coisa, e eu espero consertar isso no futuro. O que aconteceu hoje [neste domingo] foi que faltaram alguns detalhes para ganhar o jogo", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.