Muricy diz que São Paulo poderia estar mais perto dos líderes

Treinador do time do Morumbi se mostra insatisfeito com empate contra o Figueirense na noite desta quarta

Redação,

31 de julho de 2008 | 00h39

O técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, não gostou do empate contra o Figueirense por 1 a 1 na noite desta quarta-feira no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Após o jogo, ele afirmou que a equipe poderia estar mais encostada nos líderes do Campeonato Brasileiro.Veja também: São Paulo empata e perde chance de entrar no G-4 Classificação Calendário / Resultados"Com certeza foi a partida em que mais criamos oportunidades. Se tivesse que sair um vencedor seríamos nós", declarou, em entrevista coletiva.O comandante são-paulino lamentou o fato de a equipe não ter conseguido fazer o gol da vitória. "Nosso time foi melhor, mas não conseguiu derrotar o Figueirense. O jogo tem que se ganhar dentro de campo e nós pressionamos, mas não marcamos", assinalou.Já o goleiro Rogério Ceni, que levou um gol logo aos sete minutos do primeiro tempo mas depois praticamente não teve mais nenhum trabalho na partida, elogiou a atuação da equipe. "Foi o melhor jogo do São Paulo no Campeonato Brasileiro".O meia Hugo, autor do gol de empate (agora ele é o artilheiro do time no Campeonato Brasileiro ao lado de Borges, ambos com seis gols), se mostrou feliz por ter contribuído de forma decisiva."A bola não entrava de jeito nenhum. Ainda bem que acertei um bom chute de fora da área e pude ajudar", disse o jogador.O atacante Aloísio, que desperdiçou diversas oportunidades, principalmente no primeiro tempo, reconheceu que não teve uma boa atuação. "Não posso perder estas chances", lamentou o atleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.