Muricy diz ter sido pego de surpresa com troca de árbitro

Treinador do São Paulo afirma que tudo pode acontecer, mas prefere não dar opinião sobre a polêmica

Redação,

06 de dezembro de 2008 | 18h31

O técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, foi pego de surpresa neste sábado com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de trocar o árbitro da partida decisiva deste domingo entre Goiás e São Paulo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.Veja também:Denúncia faz CBF trocar árbitro de Goiás x São PauloÚltimo treino do São Paulo é rápido e quase descontraído Vote: Quem será campeão: São Paulo ou Grêmio? Simule os resultados da rodada final da Série A Brasileirão Série A - Classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Tudo pode acontecer, mas a gente não sabe o que aconteceu agora, então é melhor não ficar dando opinião", afirmou o treinador, en entrevista concedida à Rádio Jovem Pan, sobre a troca de Wagner Tardelli (SC) por Jaílson Macedo Freitas (BA).O comandante são-paulino também preferiu não entrar em polêmica com o novo árbitro da partida antes do início do jogo. "Eu não sou de falar de arbitragem, nem antes nem depois, mas acontece que é uma final e a gente não sabe as características dele, não sabemos se ele vai ficar nervoso. Mas se a Comissão acha que ele é o melhor tem que apitar o jogo", assinalou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.