AP
AP

Muricy elogia Lugano, mas pede calma com negociação

Treinador lembra passagem vencedora do uruguaio pelo Morumbi, mas quer 'esfriar' tema

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

29 de maio de 2014 | 07h00

SÃO PAULO - Muricy Ramalho voltou à carga para falar sobre Lugano. Desta vez, no entanto, foi mais precavido com as palavras e pediu calma para tratar do assunto. Após elogiar o jogador, o técnico do São Paulo disse que outros clubes estão de olho nele e quer que o assunto saia da pauta para que as conversas aconteçam sem maiores pressões dos torcedores.

"Tem que ter calma para analisar as situações e contratar, não é de uma hora para outra. O Lugano está com a cabeça no Mundial e tem outros times com interesse nele. Para o ambiente é ótimo, sabe comandar bem e é um jogador muito importante, mas precisamos ter calma e esfriar um pouco as coisas. Com certeza aqui no São Paulo ele foi muito importante", disse o treinador.

Muricy ainda terá uma conversa com o vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, para falar sobre o assunto. O dirigente quer ouvir da boca do técnico se ele efetivamente está interessado no zagueiro para então procurá-lo para negociar. Dias antes da manifestação de Muricy, tanto Ataíde quanto Aidar descartaram a contratação de imediato.

A diretoria não se empolga com a contratação e acredita que nem mesmo Muricy esteja totalmente convicto. Há quem diga inclusive que o treinador "faz média" com a torcida ao falar do zagueiro para aplacar os ânimos. Os são-paulinos fazem forte campanha nas redes sociais exigindo que o clube ao menos tente contratá-lo

Tudo o que sabemos sobre:
são paulo fc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.