Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Muricy esconde escalação do São Paulo para jogo contra o Grêmio

Técnico afirma que vai escolher time por quem tiver as melhores condições físicas

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de maio de 2014 | 12h53

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, não revelou nesta sexta-feira a escalação do time que enfrenta o Grêmio, no Morumbi, sábado. O treinador comandou apenas um trabalho em campo reduzido no CT da Barra Funda e dispensou atividades táticas para arrumar a equipe, que na quarta-feira foi goleada por 5 a 2 pelo Fluminense, no Maracanã.

Muricy afirmou que, pelo cansaço dos jogadores, que vêm de duas partidas seguidas disputadas no Rio de Janeiro, optou por não organizar na véspera do jogo um treino pesado. "Tivemos dois jogos com viagem e vamos fazer nossos exames e só decidir nos sábado quem vai jogar", explicou. Contra o Grêmio, o técnico vai ter o retorno do lateral-direito Douglas, recuperado de um estiramento na coxa esquerda.

O técnico do São Paulo afirmou que o grande erro do time na goleada sofrida no Rio foi deixar de se aplicar na marcação no segundo tempo, quando levou quatro gols do Fluminense. "Nosso problema foi se acomodar. Terminamos o primeiro tempo ganhando por 2 a 1 e a gente se acomodou. Demos espaço demais para a equipe deles, que é muito qualificada", afirmou.

A partida contra o Grêmio marca o retorno do São Paulo ao Morumbi depois de quase um mês. Nesse período, o time mandou dois jogos no Pacaembu e um na Arena Barueri enquanto cedia o estádio para a realização da banda One Direction. Diante da equipe gaúcha, o técnico explicou que espera ter como principais dificuldades a forte marcação e a capacidade de jogar bem como visitante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.