Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Muricy espera surpreender 'favoritos' Santos e Palmeiras

Técnico do São Paulo vê equipe em condições de fazer frente aos rivais no mata-mata

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2014 | 06h00

SÃO PAULO - Terminada a primeira fase do Campeonato Paulista, o São Paulo já começa a projetar a próxima fase da competição, que começa quarta-feira contra o Penapolense, no Morumbi. Para Muricy Ramalho, o time que entrará em campo para decidir sua classificação para a semifinal é inegavelmente mais forte daquele que iniciou a campanha.

O técnico, no entanto, volta a insistir que o Tricolor chega atrás de Santos e Palmeiras na briga pelo troféu. Para ele, os rivais são favoritos pelo que apresentaram na primeira fase, mas é possível superar a dupla e terminar com o título.

"O time está mais entrosado, claro que a saída do Souza (estiramento no joelho direito) prejudicou porque ele vinha bem, mas animou pelo que jogamos nos clássicos contra Santos e Corinthians. Não tenho dúvidas de que Santos e Palmeiras são favoritos pelo que mostraram até agora", analisou.

Muricy lembra de quando levou o São Caetano ao título estadual em 2004 para usar como exemplo de que nem sempre o melhor time da primeira fase termina campeão. O treinador lembra que as quartas de final e semifinais serem disputadas em jogo único também podem alterar a ordem natural das coisas.

"Com o São Caetano foi assim também, nós nos classificamos nas últimas rodadas e fomos surpreendendo. O mais justo seriam dois jogos, porque no "mata" pode cair naquele dia que o cara é expulso e o outro time fica com dez, ou a equipe entra mal na partida. Mas no Brasil a gente também reclama de tudo, chega no Brasileiro de pontos corridos e se o cara ganha com duas rodadas de antecedência já tem gente reclamando. O que importa é que temos todos os formatos de campeonato."

Por fim, o treinador não se arrisca a dizer qual equipe terá o confronto mais complicado na quarta-feira. "Uma partida só é complicado. Às vezes no futebol, pelo regulamento, não é sempre o melhor que ganha".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.