Muricy evita mudanças e mantém escalação no Santos

SANTOS - Preocupado com o entrosamento do Santos, o técnico Muricy Ramalho avisou que não deverá fazer mudanças no time para o jogo das oitavas de final da Copa Libertadores, nesta quarta, e na semifinal do Paulistão, diante do São Paulo, no sábado.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2011 | 21h10

"A gente não teve nenhum problema físico, mesmo com esta sequência, que era forte. Os jogadores estão bem na parte muscular, que é o que mais preocupa em uma sequência de jogos decisivos. A gente espera chegar com este time até o limite, porque só assim ganhamos entrosamento", afirmou o treinador, nesta terça-feira.

Dessa forma, Muricy deverá repetir a formação que venceu o Deportivo Táchira-VEN, pela Libertadores, e a Ponte Preta, no final de semana. O Santos foi escalado com Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano e PH Ganso; Neymar e Zé e Eduardo.

Em relação ao adversário desta quarta, o América-MEX, que enfrentou quando comandava o Fluminense, Muricy espera um confronto complicado na Vila Belmiro.

"O América é um time grande em seu país, que faz gols fora de casa. É uma equipe que vem para cima, porque tem coragem, como o Santos. Tenho a facilidade de já conhecer o time jogando contra e, desde lá, mudou muito pouco. O América sempre entra fortíssimo na Libertadores e esperamos dois jogos difíceis", comentou.

Veja também:

link Elano atribui boa fase do Santos à chegada de Muricy

link Portuguesa frustra Santos e banca permanência de Jael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.