José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Muricy faz mistério no São Paulo e pode perder Doria para clássico

Zagueiro se machuca e técnico esconde time que pega Corinthians

Ciro Campos, o Estado de S. Paulo

06 Março 2015 | 11h05

O técnico Muricy Ramalho fez mistério no último treino do São Paulo aberto aos jornalistas antes do clássico com o Corinthians, no domingo, no Estádio do Morumbi. O elenco realizou durante 50 minutos uma atividade sem a presença dos jornalistas e no trecho final, o zagueiro Doria saiu machucado e pode ser desfalque para o duelo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O defensor deixou o treino depois de um lance com Jonathan Cafu no coletivo realizado no Morumbi. Doria gritou de dor e foi prontamente atendido pelos médicos do time, até ser retirado de campo. No lance, a pancada foi no tornozelo esquerdo. No último jogo, contra o Rio Claro, o defensor foi desfalque por problema no tornozelo direito.

Quando Muricy abriu o treino o time realizava um coletivo contra os reservas. Na parte final da atividade o técnico colocou Edson Silva na vaga de Doria e testou a entrada de Thiago Mendes no lugar do argentino Centurion. A equipe também ensaiou uma formação no esquema tático 4-1-4-1 quando estava sem a bola.

A provável formação do São Paulo para o clássico de domingo deve ser com: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva (Doria) e Reinaldo; Denilson, Souza; Centurion (Thiago Mendes), Ganso e Michel Bastos; Luis Fabiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.