José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Muricy fecha treino e esconde time para jogo contra o San Lorenzo

Técnico faz atividade secreta para arrumar a equipe para quarta

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

17 Março 2015 | 11h17

O técnico Muricy Ramalho fechou o treino do São Paulo na manhã desta terça-feira e escondeu o time que vai escalar nesta quarta para enfrentar o San Lorenzo, no Morumbi, pela Copa Libertadores. A equipe treinou durante cerca de uma hora sem a presença dos jornalistas e a atividade só foi liberada quando o elenco já realizava trabalhos físicos e se preparava para começar o rachão.

Assim como na atividade de segunda-feira, Luis Fabiano, Centurión e Souza treinaram com o grupo. O trio chegou a ser dúvida para a partida em razão de problemas musculares - desfalcaram o São Paulo nos dois últimos jogos. Mas estão à disposição para a partida desta quarta. Quem está fora é o zagueiro Dória, que tenta se recuperar de um problema no tornozelo esquerdo sofrido antes do clássico com o Corinthians, pelo Campeonato Paulista.

O jogo contra o atual campeão da Libertadores é encarado como uma decisão pelo São Paulo. O adversário será o mesmo pela próxima rodada, mas com jogo a ser realizado em Buenos Aires, e por isso o confronto é uma espécie de mata-mata antecipado. Ambas as equipes perderam para o Corinthians, ganharam do Danubio e estão com três pontos ganhos. Para lotar o Morumbi, a diretoria do São Paulo organizou uma promoção na qual quem adquirir ingresso para um setor, poderá levar um acompanhante gratuitamente.

O provável São Paulo deve ser armado com Centurión na meia-esquerda e Alexandre Pato como centroavante. A escalação deve ter: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Reinaldo; Denilson e Souza; Michel Bastos, Ganso e Centurión; Alexandre Pato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.