Muricy minimiza ausência de Kaká na quarta-feira

Muricy minimiza ausência de Kaká na quarta-feira

Treinador diz que São Paulo tem plantel para suprir a ausência do meia, que levou o terceiro cartão amarelo por reclamação

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

15 Setembro 2014 | 10h05

O quarteto ofensivo do São Paulo será interrompido nesta quarta-feira, contra o Coritiba, no Couto Pereira. Sem poder contar com Kaká, que levou o terceiro amarelo na vitória sobre o Cruzeiro e cumprirá suspensão diante dos paranaenses, o time paulista precisará se virar para manter o aproveitamento e seguir firme na caça ao Cruzeiro.

A baixa é significativa do ponto de vista técnico e é reforçado pela estatística: nas sete vezes em que Kaká esteve ao lado de Pato, Ganso e Alan Kardec, o São Paulo saiu vitorioso. Muricy Ramalho, no entanto, minimiza o desfalque e diz que o elenco está preparado para a baixa.

"Sabemos que não poderemos contar com o Kaká sempre, até por causa da questão física dele. Ele é um dos que mais se doa e que mais corre, precisamos ter calma senão vamos arrebentá-lo. Claro que faz falta como líder, mas temos plantel para isso", disse Muricy.

A tendência natural é que Michel Bastos seja aproveitado no meio-campo. O jogador inclusive atua na mesma faixa de Kaká e é bastante ofensivo, características que podem ajudar o time a não sentir tanto a perda ao menos do ponto de vista tático. "O Michel pode entrar na função. Ele é um jogador experiente, de nível internacional e que pode substituir o Kaká", disse Muricy.

A suspensão vem em bom momento para o meia, já que ele poderá descansar no meio de semana e ser preparado para o clássico contra o Corinthians no domingo, no Itaquerão.

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Muricy Ramalho Kaká

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.